Últimos assuntos
» [Ficha de Personagem] Leonard, a sombra de dallol
Ter Mar 06, 2018 11:16 pm por Richard

» Central de Dúvidas — Efi Oladele
Seg Mar 05, 2018 4:26 pm por Richard

» [FICHA] Karadruz
Dom Mar 04, 2018 10:53 am por Karadruz

» [Aventura] First — Gathering Information "In Search of a Spellbook" (Oddie)
Qui Mar 01, 2018 8:21 pm por Oddie

» Grimório - Minerva
Qua Fev 21, 2018 11:39 pm por Felix Mors

» Grimório - Aurora
Qua Fev 21, 2018 11:20 pm por Felix Mors

» Grimório - Sherlock
Qua Fev 21, 2018 11:11 pm por Felix Mors

» Banco - Aurora
Qua Fev 21, 2018 9:15 pm por Aurora

» Banco - Minerva
Qua Fev 21, 2018 7:21 pm por Minerva

» [Aventura] Através das copas (Efi Oladele)
Qua Fev 21, 2018 4:48 pm por Efi Oladele



Primeiros parceiros 00 de 16
Forun's Irmãos
Diretório

[Ficha] Aurora Lana'thel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Aurora em Sab Fev 17, 2018 4:25 pm
Nome: Aurora Lana'thel
Sexo: Feminino
Idade: 17
Raça: Humano
Peso: 45
Altura: 1,65
Classe: Illusão
Cidade Natal: Valkaria
Cidade Atual: Enchanted City
Arquétipo: Líder e Romântico
Tendencia: Neutro (N)
Reputação: 0

Atributos:
Força (For): 0
Agilidade (Agi): 0
Constituição (Con): 0
Destreza (Des): 3
Inteligencia (Int): 7

Status:

LP: 40 +  Constituição x 2
MP: 54 + Inteligencia x 2

Nível:1

Xp:0


Pericias:

Ilusionismo: Arte cénica de entreter e sugestionar uma audiência criando ilusões que confundem e surpreendem, geralmente por darem a impressão de que algo impossível aconteceu, como se o executante tivesse poderes sobrenaturais.

Geografia: Você sabe fazer mapas e reconhecer lugares através da paisagem.


Oficio:

Itens:

Nome:
 Grimório
Nível: I
Requisitos: 4 de Inteligência
Tamanho: 20 x 27 cm
Peso: 200 g
Limite: 3 Magias
Dano: 0
Descrição: Livro antigo, comumente utilizado por algum pesquisador e/ou mágico para guardar feitiços, facilitando a utilização e dando certa segurança à seu usuário – já que é visível somente a ele.

Técnicas:

(Passiva)
Últimos Recursos: Quando uma mago esta com metade de sua mana, ou menos, toda e qualquer magia lançada tem seu custo cortado pela metade.
Nível: I



(Ativa)
Usando de sua mana e com o apoio de seu grimório o mago é capaz de transformar seu mana em energia e lança-lo, causando dano no alvo atingido. 
Nível: I
Dano: 5
Alcance: Dez metros
Tempo de Recarga: Um post.

-Experiencias-

Aqui fica o link de suas aventuras concluídas
-
-

-Aparência-
Cor de pele nítida, com o cabelo avermelhado puxando essa característica de seu pai e bastante longo dividido naturalmente sempre em mexas, lábios perfeitamente criados por sua genética, os olhos de Aurora possuem reflexos encantadores além de sua pigmentação alaranjada.

-Personalidade-
Completamente extrovertida, coloca cor naquilo que é cinza com seu ânimo e persuasão mesmo perante a frustrações, leal, segue aquilo que realmente acredita, não tolerando/respeitando as leis que desrespeitem os outros e a si mesmo, sem temer pelo o pior. Sua empatia com os outros é um dos pontos mais carismáticos do seu jeito de ser, uma mente astuta, responsável com aquela que a segue, se tornando adulta aos seus quinze anos. Aurora também é mandona e toma atitudes para proteger a si mesma e quem ama, oque também a torna uma boa líder.
-História-

Emblema Lana'thel


A casa Lana'thel, uma família tradicional conhecida e apreciada por diversos reinos por suas perícias medicinais e de grandes eventos artísticos, politicamente respeitada e com um grande valor entre interesses de diversos tipos, pois seus pontos atrativos os tornaram ricos, subindo em escala entre umas das casas mais populares. [...]

Annabell, mãe de Aurora e casada com Romullo, Annabell fazia parte de uma pequena casa diferemte, onde sua família eram de Artistas, seguindo o mesmo caminho que eles. Logo em uma de suas performances, chamou atenção de Romullo durante a plateia, por ser atraente e persuasiva, foi admirada por ele. Passaram a se encontrar em outros eventos, locais e restaurantes de alta qualidade, até pedir sua mão em casamento, fazendo parte da família Lana'thel.

Romullo - Um dos líderes da família Lana'thel, onde todos na família são peritos em Magias Medicinais, responsáveis por um dos grandes hospitais de todo o reino, pediu a mão de Annabell, uma simples artista de rua, por ser bela e atraente aos seus olhos e peito. Respeitado por todos, tem uma grande reputação por realizar procedimentos cirurgicos com magias de alta classe.

Com o passar de tempos em tempos, o desejo em ter uma primogênita, chegou á Annabell, dando vida a sua filha Aurora. Não muito desejada por seu Pai, Romullo, o mesmo não daria muita atenção para ela nos dias de seu crescimento, nem mesmo após sua juventude mantendo-se ocupado em questão de negócios e no nome da família, sendo criada somente por sua mãe, a quem lhe ensinaria com todo seu amor magias ilusórias, passando o seu legado, á ela.

Brincava com a magia e enganava os guardas no portão real de sua casa, para conseguir fugir aos arredores e brincar com a natureza, Aurora, manuseava de sua arte ilusória a quem foi passada para a mesma por sua mãe. Extrovertida não temia o mundo á fora, amava se sentir livre e sem restrições, oque a levaria a não obedecer ou escutar os seus pais perante aos sermões, no caso, na maior parte a sua mãe - Já que seu pai foi ausente em todo o período e fase de seu crescimento, oque também teve influência na criação da personalidade da garota. Minerva, sua única prima mais chegada, também morava na casa Lana'thel juntamente com a mesma, seus quartos não eram tão distantes, e sempre em horas vagas quando não estavam estudando o uso e o conhecimento de suas magias, tentavam passar um tempo juntas, Aurora sempre tomava atitudes, e levaria Minerva junto á si em suas curtas fugas fora dos portões de sua residência, queria dar a mesma a oportunidade de sempre respirar e sentir-se também longe de aflito e pressão, um pássaro fora da gaiola, Aurora passou a amar sua prima como nunca pode amar alguém. O sorriso de Minerva a encantava, saber que a faria feliz, era um dos motivos para a mais velha - Aurora, tolerar a família Lana'thel. Sua mãe Annabell presente em alguns momentos de sua vida, outrora, se afastava perante seus compromissos para com a familia, era uma das artistas mais apreciada e admirada, sua capacidade com a arte Ilusionista era incomparável a qualquer um. Astuta e trapaceira, assim conseguiu rapidamente obter o conhecimento sobre o grimório em que foi passado para si, ilusionista seria, em seu destino. Aurora era rebelde, ninguém conseguia a manter por tanto tempo restrita e presa dentro de seu quarto, conhecia caminhos que nem mesmo o arquiteto da mansão saberia existir, um jeito de cometer, uma fuga sempre era elaborado por ela, quando tentariam fazer de tudo para a mesma não conseguir sair do lugar e causar confusões por toda a casa com suas artes bagunceiras.

Uma dor de cabeça á todos, não era nada comportada como uma mocinha e com bons modos, somente para provocar a todos, já que era tão carente, de tudo aquilo. O começo de sua puberdade, aos seus 12 anos, ao lado também de Minerva, eram as únicas garotas e não tinham conhecimento do sexo oposto, eram só, elas. Vida angustiante e ambígua, sempre tinha algo inovador em sua mente para por em prática, continuava a fugir com sua prima para os arredores ou mais além, sem se preocupar com as broncas que levaria quando voltar para a casa, ignorava todos os pontos negativos e criticas, somente vivendo momentos bons com Minerva. Aquele amor por companhia e de prima, passou a ser algo mais, com o afeto, sua mente curiosa, seu corpo com desejos, as levou em um dos dias em que estariam longe de seu lar, a descobrirem mais sobre o prazer da carne. A mais nova, não pareceu hesitar ao toques de Aurora sobre o seu corpo, a permitindo as carícias e o calor de seus corpos atingirem até um certo ponto. Um ato de amor fora feito, e isso, se repetia diversas vezes, algo novo sobre os seus corpos foi descoberto, algo bom para ser sentido e sempre a disposição em querer, mais.

Annabell, estaria adoecendo aos poucos, sua pele ficaria desidratada assim como os fios de seu cabelo começaria a cair, ficando ressecada, uma doença jamais vista pela medicina, nenhuma magia branca ou cirurgias conseguiram retirar aquilo que corrompia dentro de seu corpo, subestimando a capacidade da família Lana'thel afrontosamente, não conseguindo desvendar ou estudar a tal doença Romullo e os membros de sua família estariam loucos, dias e noites, trancado em seu quarto elaborando vacinas e métodos científicos para tentar achar a cura. Poderia ser um doença de família e genética? Uma punição a ser proposta pelo uso da magia ilusionista? Oque deixaria enigmas e curiosidade para todos eles, para o bem de sua família, esconderam a existência da doença degenerativa que era incapaz de ser dissipada por qualquer magia de seus conhecimentos. Annabell faleceu, e sua morte foi divulgada por todos os jornais, como suicídio, adicionaram também para a imprensa que a magia Ilusionista afetou a mente dela sem ninguém perceber; Como um inimigo que não se vê, e não sente sua presença. Em leito de sua morte, Annabell, pediu com todo o amor, antes de fechar os seus olhos e viajar além da vida, para que cuide de Aurora á Romullo, oque parecia não surgir muito efeito de sua parte mesmo a prometendo, o seu amor e paixão era pra Medicina, não por sua mulher ou por sua filha. O mesmo queimou tudo oque era de Annabell, todos os grimórios e magias para que não se tenha nenhum relato da doença inimiga da casa e da família, presenciando este ato, Aurora entrava em estado de choque por ver tudo de sua mãe virar cinzas, reagindo á isto, a garota desesperada empurra o seu pai, que em seguida bofeta o seu rostinho com tamanha força. O ódio em seu corpo já fora tomado por ser insuficiente para aquilo, via sua filha e sua mulher como uma aberração, muito pelo contrário de Romullo, Aurora não se corrompeu por ódio ou temor assim como ele, se tornou mais do que ela poderia ser. Com tempos de depressão e choro, a jovem garota que teria se tornado mulher, um ano após a morte de sua querida mãe, passou a ser bem mais independente, decidida e aguardando uma bela oportunidade tomar uma atitude em que definiria o seu futuro.

Sua personalidade, já fora formada, não poderia ser mudada por terceiros ou simplesmente por suas ignorâncias, percebendo que Minerva também estaria deprimida, toma um jeito sigiloso para retirar-la de seu quarto, e novamente, sair para os arredores. O ato de amor e prazer se repetiu entre ambas, aquela sensação, o estimulo e os delírios de seus corpos a faziam gemer, em busca das meninas e com ordens de não permitir que Aurora se aproxime de Minerva, por temerem do pior após a morte pela doença desconhecida de Annabell, a madrinha de ambas as pegam escondidas, nuas e suadas. A mulher que presenciou flagrantemente o amor das duas, correu para a residência contando para Richard e Johanne primeiramente, enfurecidos foram á caça - Finalmente algo tirou a família de sua rotina, eram dotados pela medicina e a magia, oque raramente falavam sobre outra coisa.

Aurora se tornou a ovelha negra da família, a quem não recebia mais um bom dia, e não jantava com sua família por ordens de seu pai, renegada, e forçada a sempre aparecer ou seguir falas em folhetos arquitetadas por Romullo, manter uma aparência saudável para a família, após o ocorrido. Sentido-se pressionada, e odiada por toda a família - com exceção de Minerva, ainda mais após terem flagrado seu ato com sua amada, Aurora não se sentia mais em seu abrigo, não era mais o seu lar e onde poderia deitar confortavelmente todos os dias e noites sem preocupações, o mundo lá fora, o ar e a liberdade sem a quem odiar ou temer, um espaço imenso para todos, não se tinha leis ou alguém para lhe incomodar, por quê ficaria presa em um abismo por mais tempo? Em sua mente, planejaria uma fuga, Minerva não estaria muito feliz também com sua convivência entre a família Lan'thel, sofria mais pressão do que Aurora, que por sua vez sofreria desprezo. Com isso em sua mente, teria palpites de que a mesma iria querer ir com ela, para longe de tudo isso, se tornaria responsável por ela, oque Aurora também tinha. Em uma noite anterior, do dia em que cometeria sua fuga, Aurora dirigiu-se em direção ao quarto de Minerva, com sua magia ilusionista se camuflaria por pouco período de tempo, percebendo que a porta estaria trancada, retirou de seu cabelo um grampo, astuta e eficaz no que fazia, conseguiu desbloquear a porta, assustando Minerva a fazendo temer, ser seus pais. Quando na verdade, não via ninguém adentrar o quarto, Aurora estaria invisível, e aos poucos suas camuflagem essa desmanchada, fechando a porta, deixando sua querida surpresa a proporciona uma fugir juntas, uma vida fora daquela casa, liberdade e sem restrições.

Depois de decidido, não foi difícil fugir da casa juntas. Esperaram todos da casa estarem dormindo e correram pelos corredores em direção ao portal principal. Utilizavam da magia de Aurora para passar por alguns empregados noturnos, o que foi uma tarefa simples. As duas atravessaram o portão da casa sem olhar para trás, e se dirigiram até a entrada de Valkaria. Passaram pelos grandes portões do reino sem pensar duas vezes, apenas queriam começar uma vida nova em Enchanted city. A procura pela cidade não foi nada fácil, foi um longo periodo de busca e cansaço, mas não desistiam. Depois de acamparem na floresta por dias, finalmente encontraram uma cidade reluzente, suas construções eram feitas de folhas e troncos, as árvores tinham buracos com janelas e portas. Não precisaram pensar duas vezes para notarem que chegaram ao seu destino, Enchanted City. As garotas adentraram a cidade, prontas para recomeçar suas vidas.
Mago


Mensagens : 3

Data de inscrição : 17/02/2018

Ver perfil do usuário
avatar
Humano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Narrador em Ter Fev 20, 2018 11:59 am
Ficha aceita, bem vinda a Grim Gale. E ótima história inclusive.
Mensagens : 87

Data de inscrição : 06/02/2017

Ver perfil do usuário http://gg-rpg.forumeiros.com
avatar
Moderador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum