Bem-vindo à Grim Gale RPG
Registre-se para criar seu personagem e se aventura nesse mundo.
Iniciar Sessão Create an Account

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Aventura] The Name of the Wind

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Aventura] The Name of the Wind em Sab Mar 11, 2017 2:08 pm

Participantes: 1
Local: Kingdom of Valkaria
Objetivos:
¹ Conseguir um Alaúde que conceda bônus em carisma
² Ganhar dinheiro tocando em taberna.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

2 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Sab Mar 11, 2017 2:47 pm

A essa altura Dante já percebia, obviamente era a ansiedade, mas ele não chegou a se preocupar. Seu objetivo até o momento era simplesmente acumular experiencia em como lidar com coisas imprevisíveis, pois sua principal preocupação era ser descoberto como um Doppelganger . Se ele se preocupava em ser de uma raça diferente? Não mesmo, ele ainda era por maioria de voto um humano, detinha pais, irmãos e um status de nobreza, mas para o momento não fazia questão de ostentar tal coisa e muito menos em revelar seus segredos.

Seguindo em frente buscava por um taberna no qual pudesse oferecer seu serviço, uma companhia de teatro? uma banda, ou apresentação Aria. Ele apenas buscava entender como iria voltar para a corte com a nova noticia.

" Olá Pai, meu. Acho que a mãe lhe confundiu em certa noite e trepou com um Doppelganger, o que de certa forma me faz ser um bastardo, não? "

Em meio a tantas coisas continuava a seguir em frente alheio ao o que acontecia ao seu arredor.

Ver perfil do usuário

3 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Sab Mar 11, 2017 3:26 pm

Já era tarde da noite.

Dante andava calmamente pelas ruas daquele reino, que no dia em especial, parecia estar mais calmo que o comum. Seu objetivo, naquela situação, era chegar até alguma taberna e puder oferecer seus serviços - Sim, ele era um bardo. Não passou muito tempo e, finalmente, ele estava na porta do lugar. O barulho que vinha de dentro era de copos quebrando e, ao entrar, seria confirmado; mais uma briga "padrão" do lugar havia se iniciado.

Suspirando, atrás do balcão, a garçonete observava aquilo com certa irritação, mas ela não podia fazer nada e/ou colocar os beberrões para fora, já que era uma dama pequena e frágil. Um dos homens, louro e alto, cairia frente ao doppleganger - cerca de dois metros e, ainda em pé, estaria o agressor. Para Dante, sobrou tentar ajudar e/ou interromper a briga, oque poderia gerar uma encrenca ainda maior, ou simplesmente passar direto e oferecer seus serviços à dona do lugar.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

4 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Sab Mar 11, 2017 4:07 pm

— Opa! — Fora tudo que ele comentou dando breve passos para a direita, fora neste momento que estendeu os braços para o agressor em um claro sinal de espere. — Eu adoro uma briga, ainda mais quando não sou um dos participantes. Que tal resolver lá fora, creio que neste exato momento a patrulha do cavalheiros da cidade esta a passar. Ou posso chama-los para assistir!— Dito isso lançou um breve olhar para o homem caído, deu de ombros. Retornando para o agressor esperou que com sua intervenção a briga cessaria, se não, não tinha muita coisa a fazer. Não era um guerreiro.

Ver perfil do usuário

5 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Sab Mar 11, 2017 7:42 pm

Os homens mal pareciam ouvir oque o bardo dizia e, consequentemente, a briga continuou por mais tempo. Dante optou por não participar, talvez por não ter habilidade para tal e, de qualquer forma, uma hora ou outra, um dos dois acabariam desmaiando e perdendo a batalha.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

6 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Dom Mar 12, 2017 11:45 am

Não havia duvida que todos ali estavam pouco se importando com a guarda da cidade, sendo assim deu de ombros tornando a seguir até o balcão, não era problema seu. — Bem, uma hora ou outro eles se cansam. Apenas acho estranho uma taberna tão movimentada como essa, não existir um homem forte e careca pronto para certar um porrete na cabeça desses bêbados! — Comentou para ninguém em especifico.

Dante seguiu para se sentar em uma cadeira enquanto esperava pela garçonete. — Como pode notar sou um bardo, procuro por uma oportunidade de apresentação, tal estabelecimento estaria disposto a me contrata? Apenas uma moeda de ouro como pagamento. No entanto, não tenho um instrumento. — Emendou naturalmente, como combinado ao final ele dividiria as gorjetas 50/50 caso assim ouve-se, mas não estava pronto para comentar sobre elas, mal sabia ele se poderia se apresentar para os clientes.

Ver perfil do usuário

7 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Seg Mar 13, 2017 11:50 am

De imediato, a garçonete ouviu calada. Sua expressão demonstrava certa indiferença com a proposta do garoto e, em seguida, depois de uma breve pausa, ela o respondeu. - Uma moeda por apresentação? - Perguntou retoricamente - Você quer enriquecer com isto? - Reclamou, suspirando.

- Olhe bem, uma bebida dessas custa o equivalente a trinta moedas de prata, um terço de uma moeda de ouro. - Mostrou uma caneca cheia de vinho. - Oque eu posso lhe dar é as gorjetas para você, isto se tiver alguma - Afirmou, tentando achar um jeito de ajudar o garoto.

- Quanto a instrumento - Fale com minha mãe, ela vai dar um jeito! - Apontou para uma velha no cômodo interior - que parecia estar afinando uma espécie de alaúde velho. - Mas não ache que vai ser de graça - Finalizou. Naquele instante, até mesmo as brigas haviam cessado - aparentemente, assim como o esperado por Dante, a guarda local conseguiu controlar sua população.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

8 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Seg Mar 13, 2017 6:00 pm

Dante apenas concordou com a explicação da moça, compreendeu que havia estipulado um valor exorbitante, mas não tinha como compreender os sistema monetário até aquele momento. De modo simples denotou um breve olhar para onde a mãe da garçonete estava.

— Compreendo. Voltarei logo, senhorita. —

Seguindo para onde a mulher havia apontado  caminhou com cuidado em direção do comodo. Olhando ao arredor entendeu que a encrenca havia terminado, ao menos tudo estava bem. Chegando ao local meneou a cabeça em  um simples gesto de apresentação.

— Olá senhora, Me chamo Dante e conversei com a garçonete, sua filha. Esta que me indicou que eu poderia usar um dos seus instrumentos... —

Seu olhar recaiu para o instrumentos nas mãos da mulher, era um Alaude! Tentou reconhecer como estava o estado do mesmo além de velho...

— Claro, se não for problema e se gostarem na minha apresentação nesta noite.... Imaginei que possamos estipular determinados numero de apresentações como pagamento pelo empréstimo do instrumento. —

Concluiu de modo simples, desse modo ninguém sairia perdendo ali, ao menos imaginava isso. De forma "comum", usava de uma boa conversa para conseguir se apresentar na taberna.

Ver perfil do usuário

9 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Seg Mar 13, 2017 7:00 pm

— Um bardo? Que meigo! — A velha abriu um grande sorriso, andando em direção à Dante, ignorando-o de imediato. Parecia estar mais envolvida em apertar as bochechas do rapaz. Neste instante, quando finalmente pôde notar a aparência desta, percebeu o quão "assustadora" a velha era. Olhos esbugalhados, sem nariz e parcialmente calva. — A um tempo atrás, quando deixei de ser uma aventureira, eu fundei essa taberna! Queria tocar para todos, assim como você, compreende? — Começou oque parecia ser uma espécie de explicação.

— Era tão linda quanto minha filha e todos os homens suspiravam por mim, bons tempos. — Ela então entregou o alaúde para o rapaz. Era visivelmente velho, mas ao menos poderia tocar por alguns dias ou meses. Tempo o suficiente para conseguir outro. — Tenho flautas e outros tipos de instrumentos, caso queira. — Continuou. — Quanto ao que eu peço em troca — Com um sorriso calmo, ela respondeu. — Venha falar comigo mais vezes. Tenho muitas histórias e minha filha... é uma bruta. — Finalizou, dando espaço para o rapaz finalmente dar início à seu "expediente".


________________________________________________
Ver perfil do usuário

10 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Ter Mar 14, 2017 10:18 am

Dante permaneceu imóvel diante da idosa, não gostava do tratamento, mas como lhe devia e estava pedindo algo deixou a mulher apertar sua bochechas, fora neste momento em que ele reparou na aparência da mulher. Ele não se conteve em demostrar espanto, mas como um ator conseguiu burla o pior da reação apenas franzindo o cenho. Certamente aparência da mulher lhe trazia repulsa, mas ele continuou como se nada o incomodasse

— Claro! —

Dante não tinha a pretensão de ser um aventureiro, talvez um acompanha-te para as campanha do reino como um suporte e até mesmo como estrategista, mas devido a sua atual condição tinha de se manter longe de qualquer tipo de encrenca, pois reconhecia que para algo ao menos mais extenso, uma base e principalmente ouro deveria ser acumulado.

—  Ao menos você conseguiu criar uma filha. —

Retorquiu de modo ligeiro, mesmo não detendo um conhecimento base sobre o sistema monetário e até mesmo outros pontos que poderiam para muitos ser considerado sendo censo comum, ele permaneceu polido e receptivo a conversar com a mulher. Mas suas palavras era de fato sinceras e derradeiras, criar uma filha que não acabava sendo arrebatada por algum outro aventureiro ou até mesmo se tornando uma Meretriz...

Retornando o foco para a idosa, tomou o bandolim em suas mãos. Dedilhando breve notas testando a afinação, como sabido, ele não tinha nenhuma dificuldade em tirar algum som do instrumento, mesmo este sendo considerado velho. Retornou um grande sorriso para a idosa.

— Oh, flautas são interessantes e até mesmo consigo me virar mas amo os instrumentos de corda. Como bandolim —

Continuou de modo calmo.

—Ela me pareceu uma boa garota, mas como é mãe, confio em sua palavra... retornarei para ouvi-la, embora devo salientar que não pretendo me tornar um aventureiro, me falta coragem para isso. —

De modo simples retorquiu o pedido da mulher, mas ainda sim voltaria para ouvi-la como prometido, feito isso executou uma breve mesura seguindo até o balcão...

Seguindo até o balcão demostrou para a garçonete o bandolim, simplesmente o fez, pois não queria passar uma má impressão para a moça. Feito isso, ele simplesmente se sentou virado  de costa para o balcão afinando o instrumento...

Dante não falou nada, nem mesmo seu nome quando começou a dedilhar as cordas formando uma canção, mas apos breves segundos de harmonia ele começou a entoar um cântico -
meramente interpretativo:

: A canção era sobre santos que por meio do absoluto poder se tornaram o pilar para a antiga civilização de todas as raças primitivas, estes santos eram mais monstro em sua aparência do que seus iguais, mas quando as raças começaram a adquirir e desenvolver conhecimento e se sustentar por si só, começaram a murmurar, contra os santos, aberrações, monstros renegando e esquecendo que os santos os mantiveram juntos diante das grande tribulações, esqueceram que o santos não eram deuses, eles sacrificavam uma parcela de sua propia força vital para manter seus semelhantes vivos...

Dante parava de cantar encerrando sua apresentação, a historia continuava, mas a musica e melodia acabava ali. Um fragmento de historias antigas, imaginação ou fabula, mas de certo modo fora uma simples tentativa de manter todos ali entretidos...

Ver perfil do usuário

11 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Qui Mar 16, 2017 7:43 am

E então o bardo começaria à tocar.

De imediato, parte dos bêbados estavam mais preocupados em embebedar-se, mas com o belo desenvolvimento de Dante, fora impossível notar o quão talentoso o rapaz era. O tempo passou rapidamente e, enfim, aqueles que deveriam sair já estavam com o pé na porta. Dante, por não estar acostumado com aquele trabalho e horário, acabou por cansar-se mais que o comum - mas sentia que em breve se acostumaria com a rotina.

A garçonete limpava as mesas e o chão, enquanto isso, a velha continuava a arrumar seus pertences, ainda naquele cômodo interior. O rapaz poderia tentar conversar com a garçonete - arranjar um quarto por ali.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

12 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Qui Mar 16, 2017 12:48 pm

Dante suspirou com o fim da apresentação, precisava melhorar seu repertoria se quisesse ganhar algumas gorjetas. Tornando a esperar a garçonete ele procurou por um quarto. — Quero alugar um quarto por uma semana. — Comentou esperando um preço que o mesmo pudesse pagar, tendo assim um meio de tentar algumas moedas poderia se dar o luxo de esperar um pouco mais na taberna, então assim o fez. O rapaz continuou sentado esperando uma resposta.

Ver perfil do usuário

13 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Qui Mar 16, 2017 3:27 pm

— Certo, uma moeda de ouro — Respondeu a mulher, dando o preço contabilizado para a semana inteira. Ela limpava o balcão que estava com um pano molhado, passando de um lado para o outro, parecia cansada. — Mas para você, faço um pequeno desconto. Cinquenta de prata. — Finalizou, demonstrando-se amistosa com o novo bardo.

Durante o show, as poucas moedas que foram deixadas por ali eram de prata, algumas com valores superiores por seus formatos e pesos, dando um total de oitenta pratas. Desta forma, pagar moradia por uma semana inteira e, ainda alimento, seria fácil para o rapaz. Aparentemente, pelo que havia ganhado, tinha conquistado uma porção de fãs.


________________________________________________
Ver perfil do usuário

14 Re: [Aventura] The Name of the Wind em Qui Mar 16, 2017 8:37 pm

Ele pensou por algum tempo antes de responder a mulher, assentiu tornando aceitar o desconto.

— Obrigado. —

Disse por fim, ele simplesmente deixou os ganhos da noite com a garçonete, já que havia aceitado que o bardo ficasse na pousada ele não seria mesquinho ao menos no primeiro dia de estadia. Voltou a conferir a afinação do bandolim, assim que terminasse falaria.

— Com sua licença, estou indo para o quarto. Quais deles é o meu? — Ele sabia do cansaço e poderia até mesmo ajuda-la a concluir o serviço, mas não era esse seu objetivo sendo assim. Seguiu para o quarto deixando todo o lucro da noite como forma de pagamentos, no entanto ainda se lembrava da forma de pagamentos pelo bandolim, teria de ir até a idosa cedo para ouvir suas historia, não poderia ser tão ruim... Seu humor havia melhorado assim que viu que a noite fora produtiva, mas como um bardo, não poderia pegar leve. Teria de melhorar constantemente para atrair ainda mais clientes para taberna.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum

Os membros mais ativos da semana